O caminho e o caminhar

sexta-feira, fevereiro 4


Para quem estão fazendo roupas afinal????

5
Olá bonitas???Como está todas estas moças???Emagrecendo, alegres e maravilhosas espero...bem meninas estou aqui retomando as atividades de 2011,planejando o inicio do ano letivo,acho que já falei que sou professora, poxa toda ano é um corre-corre, muita agonia, e principalmente que este ano vou ensinar uma materia diferente, a educação tem destas coisas...ás vezes fico tão cansada afinal  já são 11 anos de luta e sinceramente amigas cada ano acho que piora, acreditam???


Sobre a RA estou indo muito bem, melhor do que eu imaginava, ainda não estou seguindo o cardápio da nutricionista pois ela ficou de me enviar e até agora nada, mas me deu algumas dicas de como proceder na alimentação, ontem já fiz algumas compras, linhaça,azeite de oliva extra virgem,alimentos diet e light, bem acaba que se alimentar melhor pesa no bolso, mas tudo bem, faz parte.Quando receber o cardapio tudo direitinho eu posto aqui, para vocês verem.


Bem agora vou falar do título do post, meninas para quem estão fazendo roupas afinal, está foi a pergunta que fiz ontem, entrei em algumas lojas de departamento como a Marisa, Riachuelo, C&A, bem lojas que digamos são populares, vende roupa para pessoas comuns, correto????? Não, as roupas penduradas nas prateleiras das lojas não são para mim,ou você ou digamos pessoas normais, são para modelos de passarelas, porque eu vi uma calça 46, gente 46 sinceramente eu acredito que uma pessoa digamos que pesasse 60kg que entraria naquela calça,porque eu imagino que alguém que use 46 não pese 60kg,pelo menos eu não peso...fiquei me perguntando e também me senti que estou fora da moda que se vende nas lojas,pelo menos com o peso que estou hoje, estou literalmente excluida do mundo fashion.

Bem em contrapartida encontrei esta reportagem sobre uma modelo brasileira que foge do padrão de beleza atual e faz o maior sucesso no exterior.

modelo.jpg

Ela usa manequim 48 e é uma das modelos brasileiras de maior sucesso no Exterior. Como pode uma mulher fora de padrão ser tão requisitada? Aos 29 anos, Fluvia Lacerda ganha a vida como modelo plus size. Contratada pela Ford Models, a top reside em Nova York e, na semana passada, desembarcou em São Paulo para oficializar sua contratação pela mesma agência no Brasil. “Agora, sei que poderei ajudar milhões de brasileiras a encontrar a felicidade nas suas próprias curvas”, disse.


Bem gente está mulher acima se parece muito mais com as mulheres que encontramos nas ruas, concordam, mas com certeza nas lojas não tem roupa para ela, pois acreditam no país que as brasileiras todas usam manequim 40.Vou ficando por aqui com minha indginação frente a esta indústria que prega uma ditadura  que temos que nos enquadrar.
 
Otimo fim de semana bjks amadas!

5 comentários:

Anne disse...

Oi!! Eu costumo perguntar se na loja vende roupas para pessoas ou só tem o tamanho da barbie... pq cada ano parace que diminuem mais né?? Bom finde pra vc tb!
Beijos

JOANA CAMPOS disse...

Oi Iza, eu ja conhecia essa modelo, Uma inspiração para mim, que to na luta pra mandar embora um monte de kilos.

Beijos

Ah hoje postei sobre ser elegante ao se hospedar com algum amigo, vai la dar uma olhoada, quem sabe vc gosta.

http://www.joanacampos.com/2011/02/estes-descanos-estao-pronta-entrega-ali.html

Catia Sousa disse...

Oi Iza, gostei do post. Também me sinto assim quando vou a estas lojas. Mesmo tendo emagrecido e diminuído o manequim, são pouquíssimas opções para os tamanhos 46 e 48. Quando usava 52 e 50 então... não achava nada! Já reparei que as calças de "tamanhos especiais" (são chamadas assim pelas lojas) são sempre feias, cheias de "lantejoulas" e outros brilhos...rs, até o corte é horrível, mas é o que tem pra quem está na luta contra a balança.
Entendo perfeitamente sua indignação.
Você já assistiu o filme "Garotas Formosas"? É muito legal. O tema é exatamente esse do seu post. Assiste e depois me fala o que achou.
beijos.

Dric@ disse...

Eh querida...
Tb fico indignada com estes padrões e magreza.
Precisamos perder peso para ter saúde e não o manequim que a mídia apregoa.
Por isso não almejo ficar magrela, já tive 103 quilos e hoje sei que estar com 69 é uma vitória.
Detesto a diferença de tamanho nas numerações, tem que existir uma lei que obrigue a serem respeitados os centimetros corretos para cada manequim, as lojas fazem o que querem e nós somos reféns delas.
Bjnhos e tenha um bom findi

karla fonseca disse...

Oi iza...
boa sorte na sua volta as aulas tá.
e muito complicado essa questão de manequim em lojas de departamento,mais logo vc vai encontrar com facilidade vamos mardar esses quilinhas a + embora...rsrsrsrs
beijos!

Postar um comentário

Seu comentário é muito valioso para mim!
Juntas somos fortes!

Linkwithin

Postagens.