O caminho e o caminhar

quarta-feira, fevereiro 16


5 hábitos que atrapalham a dieta

8
Oi bonitas???Como estão todas, eu estou muito bem Dona M indo embora mais ainda não estou me sentindo legal, início de trabalho ontem, enfim está semana ta movimentadissima!!!Vamos que vamos, espero surtir  efeito na bonita da balança, até agora estamos vivendo em paz e eu muito feliz com o resultado, estou tentado fazer caminhada, hoje mesmo fiz,5km, muito bom,porém percebo que meu corpo, ainda não está habituado, fico muito cansada, mas com certeza vou superar logo está fase.

Meninas vou postar uma matéria que achei interessante para nós que estamos iniciando uma nova vida com RA.Espero que gostem.

No mais um grande beijo para todas.




1- Comer rápido

Velho hábito: "Quem come rápido não mastiga corretamente e aumenta o trabalho do estômago para digerir os alimentos, o que pode levar ao desenvolvimento de doenças como gastrite e úlcera", alerta Salete. Luana acrescenta que o costume também prejudica a obtenção da sensação de saciedade, já que ela demora um pouco para aparecer depois que se inicia a refeição. Se a pessoa come muito rápido, nem dá tempo para o cérebro entender que o corpo está sendo alimentado.


Novo hábito: O primeiro passo para mudar a postura em relação à velocidade com que se come é estar atenta à quantidade de comida e à forma como a refeição é realizada, explica a especialista do Equilibrium. As dicas para melhorar essa atitude são: levar pequenas porções de alimentos à boca, comer em lugares tranquilos, descansar os talheres entre uma garfada e outra, evitar se alimentar na frente da TV ou do computador, em pé ou realizando outra atividade, e saborear cada bocada.

2- Comer muita carne

Velho hábito: Salete explica que ingerir carne em excesso sobrecarrega os rins, pois esse é o órgão que elimina as substâncias derivadas do alimento que não servem para o organismo. "Por ser fonte de proteína animal, a carne não deve ser consumida de forma exagerada devido à quantidade de gordura saturada e colesterol que contém", acrescenta Luana.

Novo hábito: A nutricionista ainda aconselha que, por possuir mais gordura saturada que a carne branca, a vermelha seja consumida apenas duas vezes por semana. Ela ainda recomenda aumentar a ingestão de vegetais. Para deixá-los mais saborosos, as sugestões são cozinhá-los em versões diferentes, como grelhada e assada, e temperá-los com molhos light ou à base de ervas.

3- Comer sob estresse

Velho hábito: "A pessoa que ingere alimentos sob essas condições acaba comendo mais rápido e em mais quantidade", alerta Salete. Isso porque, segundo a nutricionista, é comum descontar os sentimentos de ansiedade e tensão nos alimentos.

Novo hábito: "O ideal é se conscientizar que, no horário de refeição, é preciso se esforçar para que os problemas fiquem em segundo plano", orienta Salete. Luana ressalta que ficar sem se alimentar nesses momentos também não é uma boa alternativa. "A saída é nunca pular as refeições, porque isso pode aumentar o apetite e facilitar o ataque a guloseimas e alimentos calóricos. É importante também controlar o consumo de substâncias estimulantes, como bebida alcoólica, café e chá preto, que aumentam a sensação de irritabilidade", recomenda.

4- Comer com a atenção desviada

Velho hábito: se alimentar enquanto responde e-mail, vê TV ou trabalha faz com que a pessoa preste menos atenção no que está ingerindo e acabe consumindo uma maior quantidade de comida. Salete acrescenta que "a pessoa também pode sofrer a sobrecarga emocional dos assuntos que estão passando na televisão".

Novo hábito: "O horário de alimentação deve ser respeitado apenas para tal", afirma a nutricionista da Unifesp. Luana indica realizar as refeições em horários pré-determinados sempre na cozinha ou em um local calmo.


5- Comer sempre a mesma coisa

Velho hábito: pratos que não são coloridos podem ter falta de nutrientes, afirma a nutricionista do Equilibrium. Em função disso, por mais que adore alguns alimentos específicos e pense que poderia viver apenas à base deles, é importante diversificar sempre o cardápio.

Novo hábito: "Uma solução para mudar esse habito é alternar os tipos de preparações, realizar novas receitas, incluir temperos variados e inovar sempre o menu incluindo diferentes tipos de alimentos", sugere Luana.






8 comentários:

Rose Light disse...

OI Amiga! É verdade, acabamos nos acostumando com alimentação e repetindo muito, bom á variar mesmo, mas é tão mais fácil repetir...Daqui um pouco o corpo entra no ritmo e não vai mais sentir cansaço. Segue firme! Beijos.

Nanda disse...

adorei sua visita, to seguindo-te. seu cantinho é lindo. amei.
dicas otimas.
bjimm e otima quinta e sexta. te vejo no sabado

Tatha, somente... disse...

menina, comer sempre a mesma coisa é trash, chega uma hora que vc enjooa e não aguenta mais aquilo..ai começa atacar as bobagens né

bjokaaaaaaa

Pati disse...

Eu semore que posso tento varias a alimentação vamos que vamos força bjos http://bolachaguaesal.blogspot.com/

Anne disse...

Adorei as dicas!! è sempre bom relembrar essas coisas!!! Bom finde! beijos

Jadhy disse...

Obrigada pelas dicas, Iza. É sempre bom saber mais sobre esses hábitos saudáveis.
Tenha um ótimo fds!!!
Bjs

Catia Sousa disse...

Essas dicas são ótimas! Essa de comer muito rápido então... passei a minha vida inteira engolindo a comida, sem sentir o sabor de verdade, mas aprendi a mastigar, saborear e isso tem ajudado muito na balança.
Agora preciso diminuir o consumo de carnes, colocar um pouco de proteína vegetal no prato pra melhorar a saúde mesmo.
Obrigada por compartilhar, amei tudo!
E logo vc vai ver o resultado do seu esforço.
beijos

Dric@ disse...

Ehh querida...
Os cinco itens dizem tudo, precisamos prestar a atenção a pequenos hábitos que detonam nossos objetivos.
Bj grande e bom findi

Postar um comentário

Seu comentário é muito valioso para mim!
Juntas somos fortes!

Linkwithin

Postagens.